Pular para o conteúdo principal

Postagens

Por que muitas empresas prosperam e a minha não?

Talvez essa é uma pergunta que você tenha se feito nos últimos tempos... ou então... O que estou fazendo de errado que as coisas não estão fluindo? Trabalho que nem louco todos os dias e no final do mês nunca sobra nada, mal estou conseguindo pagar as contas. Mas para meu concorrente as coisas parecem tão fáceis, ele troca de carro todo ano, sai de férias com a família, faz viagens internacionais com frequência, chega no meio da manhã para trabalhar e sempre está tranquilo, onde é que estou errando? A falta de gestão e a organização do tempo muitas vezes podem levar a falsa sensação que trabalhamos além da conta, onde na verdade atuamos como bombeiro, só apagando incêndio o dia todo e o que realmente precisávamos fazer que é na execução do Planejamento Estratégico, deixamos a desejar. Focamos muitas vezes nossos esforços no caminho contrário do que deveríamos. Somos o capital mais caro das nossas instituições, a cabeça pensante do negócio, aquele ser imprescindível para o sucesso, pore
Postagens recentes

Será que foi sorte mesmo?

Será mesmo que aquele empresário teve sorte? Quantas vezes você já ouviu a expressão: "Aquele empresário teve sorte". Pois bem, a sorte ajuda sim, sempre é bom contar com um pouco, mas saiba que ela deve ser responsável por apenas 0,5% do sucesso de uma empresa. Na grande maioria das vezes o sucesso está relacionado "apenas" com sangue suor e lágrimas. Imagine-se pilotando um avião. Para que você faça isso de maneira segura você precisa de um marcador de velocidade, de altitude, de combustível. Para você gerenciar de forma eficiente uma empresa precisa do mesmo painel de controle. Você precisa saber quanto dinheiro entra, quanto dinheiro sai, quanto dinheiro sobra, qual o lucro líquido, qual os gastos fixos, qual a margem de contribuição da sua empresa… Gerenciar uma empresa sem controles e planejamento financeiro é o mesmo que sair pilotando seu avião de olhos vendados e sem nenhuma rota definida. A chance de acontecer uma tragédia é muito grande. O grande propós

Como está a organização do financeira de sua empresa?

As finanças pessoais misturadas com as contas da empresa, ausência de indicadores e falta de capital, estes são alguns dos problemas enfrentados quando não temos uma organização do setor financeiro. Ao organizar o setor financeiro de sua empresa, é possível ter alguns indicadores que lhe indicam os custos, as despesas, os desperdícios, o endividamento e o lucro que a empresa gera. Segue algumas dicas de como deixar o setor financeiro organizado, com isso ajudando a minimizar os gastos e garantindo a eficiência da sua empresa: Separe as contas pessoais das empresariais: Um dos erros básicos das pequenas empresas é misturar as contas pessoais com as da empresa, mas é preciso organizar de forma que toda entrada de recurso seja colocada na conta pessoa jurídica; e estabelece um valor para o seu pró-labore. Exercite a disciplina: Não há como ter sucesso ao organizar algo sem que se dedique o devido empenho. Se não ter um acompanhamento diário da movimentação as chances dos objetivos não ser

Você entende a diferença entre custos e despesas?

Você sabia que boa parte dos empreendedores confunde as nomenclaturas gastos, custos e despesas e muitas vezes age como se fosse se todos fossem a mesma coisa? Então, essa confusão não é um problema somente pela questão conceitual dos termos, vai muito além, trata-se de uma confusão nos demonstrativos financeiros da empresa. É imensamente importante distinguir os termos, uma vez que aplicados de forma correta nos lançamentos financeiros e contábeis os relatórios utilizados para tomada de decisão estarão corretos e poderá ser calculada a Margem de Contribuição, que é um dos indicadores financeiros mais importantes na empresa. Bom, agora que você sabe o quão importante é saber a diferença entre gastos, custos e despesas vou explicar um pouco melhor o que significa cada termo. Gastos: é todo sacrifício financeiro a fim de quitar alguma coisa. Os gastos são divididos entre custos e despesas. Custos: São todos os gastos diretamente ligados ao funcionamento do negócio, sem estes gastos a em

Importância do Controle de inadimplência

Nós Da Vettor Gestão Empresarial acompanhamos o senário de várias empresas, temos plena consciência de que a venda a prazo pode impulsionar de forma positiva o aumento das vendas, porém, também sabemos da importância de controlar a inadimplência. É importante saber que quando decidimos vender a prazo, assumimos uma possibilidade de perca, ou seja, do nosso credor não nos pagar. Sempre que a empresa efetua uma venda a prazo, ela já está projetando essa futura entrada em seu fluxo de caixa, caso ocorra uma falta de pagamento desta venda, a empresa pode enfrentar sérios problemas de desencaixe de caixa e com isso ter dificuldade de pagar seus funcionários e fornecedores. O senário ideal seria incentivar os clientes a pagarem a vista, propondo um valor diferenciado, isso ajudaria a ter maior volume de entradas diárias, caso seu nicho de mercado exija que venda a prazo, o ideal é optar por formas de pagamento que tragam mais segurança, como por exemplo vendas parceladas com cartão de crédit

Dinheiro Fácil? Pergunte-me como!

Certo amigo meu sempre dizia: "Que se preocupe o banco que tem para receber e não que tenho para pagar". Mas será mesmo? Certamente você foi bombardeado por inúmeras ofertas de crédito por parte dos bancos nesses últimos dias. Dinheiro muito barato prometendo solucionar todos os problemas da sua vida, quem sabe até trazer a pessoa amada de volta. Realmente as taxas de juros dessas operações criadas após a decretação da tal pandemia são mais do que excelentes, talvez não veremos mais essas taxas no Brasil durante nossas vidas, e esse é sim um ponto que você precisa considerar.   Mas será que sua empresa realmente precisa desse dinheiro? Como saber se esse recurso não será o responsável pela falência da sua empresa? Vamos a alguns pontos sobre os quais você precisa refletir: 1º) Toda e qualquer empresa nasceu com o propósito de gerar riqueza! Se sua empresa não gera reservas financeiras algo está errado. 2º) A saúde financeira da sua empresa está diretamente relacionada com a q

A importância do Fluxo de Caixa para sua empresa

Antes de falar da importância do fluxo de caixa, vamos definir o que é um fluxo de caixa. É todo o registro de entrada e saída dos recursos financeiro de uma empresa. É de extrema importância que seja implantado um fluxo de caixa independente do tipo, porte ou segmento da empresa, pois é através dele que conseguimos acompanhar e analisar as movimentações financeiras. Com esta ferramenta de gestão, o empreendedor tem o controle do que realmente está acontecendo em sua empresa, nele fica explicito: - Como será seu saldo de caixa, se vai sobrar ou faltar dinheiro por um determinado período de tempo - Entender quando deve negociar um maior prazo com o fornecedor ou   - Flexibilizar um prazo maior para seus clientes, sem comprometer os compromissos da empresa; - Auxilia na gestão dos gastos e no processo de tomada de decisão; - E garante um bom planejamento financeiro. Através do Fluxo de Caixa você consegue medir a Saúde Financeira da sua empresa, tomar decisões embaladas na verdadeira re